Campanha de vacinação de cães e gatos em Aparecida neste sábado

Dia D encerra a Campanha contra raiva em cães e gatos no município este ano. Aparecida pede adesão da população.

A Secretaria de Saúde de Aparecida (SMS) realiza neste sábado (23), o dia D da Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos. A abertura será na Praça da Família, a partir das 9 horas, que fica na Avenida Independência, em frente ao Aparecida Shopping. A população contará com 133 postos de vacinação, distribuídos por toda cidade, das 8h às 17h, como escolas municipais e estaduais, praças, postos de gasolinas, algumas unidades de saúde e pontos estratégicos dos setores. Devem ser vacinados todos os cães e gatos acima de 3 meses de idade.

Início

A campanha foi iniciada no dia 12 de agosto em Aparecida. Este ano foi realizada em etapas, chamadas de reforço em regiões mais vulneráveis. A vacinação animal já passou pelos bairros Jardim dos Ipês, Madre Germana, Dom Bosco, Vila Delfiori, Vila Romana, Jardim Cascata, Jardim Boa Esperança, Comendador Walmor, Setor dos Estados, Marista Sul, Rosa dos Ventos, Alvorada Sul, Nova Olinda, Vale do Sol e Chácara Marislânia. Ao final da campanha, a meta da SMS é vacinar cerca de 70 mil animais.

O objeito da mobilização é prevenir casos humanos, interrupção da circulação viral e controle da doença em ciclo urbano. A raiva é transmitida através do vírus contido na saliva do animal infectado, pela mordedura e mais raramente pela lambida em feridas abertas, mucosas ou por arranhões. Em caso de ataque animal, a SMS recomenda lavar o ferimento imediatamente com água e sabão e procurar com urgência a unidade de saúde mais próxima para receber o tratamento adequado.

“A adesão da população é importante para que a doença permaneça controlada. Os donos devem levar seus animais para serem vacinados, que é também uma demonstração de carinho e proteção. Cães e gatos, quando bem cuidados e imunizados, refletem melhores condições de vida, tanto para o homem como para o animal, prevenindo doenças” explicou o coordenador de Vigilância em Saúde, Iron Pereira.

Recomendações

É importante que os proprietários tenham ciência de que a imunização é fundamental, porém possui riscos. No entanto, o risco maior é deixar o animal sem vacinação, uma vez que a raiva é uma zoonose letal.

Cães dóceis devem estar com coleira e guia. Além disso, devem conduzidos por pessoas com tamanho suficiente para controlá-los e contê-los na hora de receber a vacina. Animais bravos devem estar com focinheira para não oferecer nenhum risco de agressão ao proprietário ou outras pessoas envolvidas. Gatos são naturalmente muito assustados e devem ser levados em caixas de transporte ou similar, para que evitem fugas ou acidentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios