Campanha de Campos é acusada de comprar seguidores falsos

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

camposEx-governador de Pernambuco e presidenciável pelo PSB, Eduardo Campos foi acusado pelo perfil “Dilma Bolada”, no Twitter, de estar negociando a compra de seguidores através do microblogger com uma agência de publicidade. De acordo com a imagem postada pela personagem, criada por Jeferson Monteiro, a agência Publicidades teria mandado uma mensagem para a #Equipe 40, que atua no marketing e nas redes sociais da pré-campanha socialista, afirmando que teria uma proposta para fazer. Em resposta, o perfil de Campos teria dito para que a mensagem fosse encaminhada por mensagem direta.

A troca de mensagens foi interceptada e divulgada pelo perfil da Dilma Bolada. “Eduardo querido! Se você quiser eu doo uns seguidores pra você! Precisa comprar não!”, ironizou o perfil, que faz paródia da presidente Dilma Rousseff (PT) e possui 200 mil seguidores no Twitter. Junto à mensagem, a personagem colocou um link onde eram mostrados os posts da troca de mensagens entre a Publicidades e #Equipe 40 sobre o assunto.

A Publicidades se define como uma “empresa de publicidade em Mídias Sociais” com “a maior concentração de seguidores por metro quadrado”. Em um dos posts, a empresa anuncia até uma promoção: “compre 50 mil seguidores em qualquer Rede Social e ganhe mais 50 mil de brinde”.

Após o flagra da Dilma Bolada, o Publicidades enviou um Twitter afirmando que se a personagem mencionar a empresa mais uma vez, terá o perfil hackeado. “Morrendo de medo!”, respondeu a personagem. “A vida me ensinou a ser assim, sempre ousada”, complementou, em outro post.

Pragmatismo politico

Notícia postada em  

  • 9 de junho de 2014
  • Da Redação