Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Camaleão perde pênalti e Dragão é finalista

Redação
17 de fevereiro de 2021

Foi o detalhe. A Aparecidense jogou bem. Saiu na frente em pleno Estádio Antônio Accioly, toca do Dragão. O empate no final do segundo tempo igualou o jogo. No segundo tempo, um pênalti aos 18' do segundo tempo, mas Rodriguinho bateu mal, e o goleiro Jean pôs para fora.

O Camaleão se misturou ao gramado do Estádio Antônio Accioly em Goiânia, e não tomou conhecimento do Atlético. Reinou absoluto. Fez o gol de cabeça, aos 17' com o zagueiro Ricardo Lima, e foi tomando conta do jogo, até os 44', quando a defesa cochilou, e o time do Atlético entrou tocando na área para conclusão de Janderson, à queima-roupa, sem defesa para o goleiro Pedro Henrique.

Na segunda etapa, o Aparecidense continou criando, e aos 18', pênalti cobrando pelo árbrito Elmo Rezende com ajuda do VAR, que identificou mão na bola do zagueiro Nicolas. Penalti. Rodriguinho bateu fraco, praticamente atrasou para defesa do goleiro Jean. Quem não faz leva. E o ditado do futebol se confirmou aos 23' com Zé Roberto que entrou na área fulminando para as redes o gol de clasificação do alvinegro campineiro. O placar confirmou Atlético 2x1Aparecidense por 2x1, de virada, classificando-se assim para a Final do Goianão 2020.

Segunda final consecutiva

  O rubro-negro campineiro é finalista do Goianão pelo 2º ano seguido.  O Atlético é finalista do Goianão pela 10ª vez nos últimos 15 anos.

Em 2006 perdeu o título para o Goiás; em 2007 sagrou-se campeão em Final diante do próprio Goiás; em 2009 voltou a perder o título para o Goiás; em 2010 foi campeão em Final contra o Santa Helena; em 2011 sagrou-se bi-campeão goiano pela 1ª vez na sua história em Final novamente diante do Goiás; em 2012 perdeu o título mais uma vez em Final contra o Goiás, fato que se repetiu em 2013 de novo, em 2014 sagrou-se campeão também em Final diante do Goiás, fato que se repetiu no Goianão anterior, em 2019, cinco anos depois. O Atlético busca a sua 15ª conquista de campeão goiano e seu 2º bi-campeonato.  

Interior

Seu adversário na Final, em jogo único e sem vantagem, com empate provocando decisão por pênaltis, será conhecido nesta quinta-feira, dia 18 de fevereiro de 2021, no confronto entre Jaraguá x Goianésia às 15h30 no Estádio Amintas de Freitas em Jaraguá. Qualquer que seja o classificado, a Final do Goianão 2020 será inédita. 

 A Final acontecerá no sábado, dia 27 de fevereiro de 2021, às 16h30 no Estádio Antônio Accioly pela maior pontuação atleticana ao longo de todo o Campeonato.  A Aparecidense termina o Goianão 2020 na 4ª posição, três posições acima em relação a 2019.  Com isso, Jaraguá e Goianésia já conquistam em conjunto vaga na Copa do Brasil 2021, com o time jaraguense como estreante na competição assim como em competições nacionais.  No 1º tempo, 1x1, gols do zagueiro Ricardo Lima, de cabeça, aos 17’ para o time de Aparecida de Goiânia, empatando Janderson aos 44 minutos.

A Aparecidense desperdiçou pênalti aos 18’ do 2º tempo por intermédio de Rodriguinho que foi defendido pelo goleiro Jean do Atlético.   

O gol da virada, do triunfo e da classificação atleticana para a Final do Goianão 2020 foi assinalado por Zé Roberto aos 23’ da etapa complementar.

  Gols: Ricardo Lima (Aparecidense) 17’ e Janderson (Atlético) 44’ do 1º tempo. Zé Roberto (Atl) 23’ do 2º tempo.  

Expulsão: Lucas Gazol (Apa) 12’ do 2º tempo.  Árbitro: Elmo Resende.

 Assistentes: Bruno Pires e Cristhian Passos. 

Com informações da FGF - Federação Goiana de Futebol
Autor: Roberto Sampaio
Fonte: Coordenadoria Técnica

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram