Brasília também esta encantada com a Copa do Mundo

bsbsEngana-se quem pensa que somente os turistas estão encantados com Brasília. Moradores da capital estão redescobrindo a cidade nesta Copa do Mundo e declarando seu amor por ela. Essa elevação do sentimento de orgulho foi uma surpresa positiva, na avaliação do sociólogo Luís Otávio Teles. “O futebol está na cultura do brasileiro, e a projeção internacional do Mundial faz com que a população tenha orgulho de ver a cidade em evidência”, ressaltou o professor da Universidade Católica de Brasília.

O bancário Luiz Guilherme Procópio, 46, está impressionado com a imagem que a capital está transmitindo durante os jogos. “Brasília ficou mais visível e sob um aspecto muito positivo, com elogios à arquitetura, ao paisagismo e à geografia. Estamos mostrando um lugar rejuvenescido, que eu mesmo quero conhecer melhor”, revelou Luiz, que mora em Sobradinho há oito anos e só visitou a Catedral e o Museu da República.

Para a servidora pública Cristianny Villela, 49 anos, a movimentação dos visitantes despertou nos moradores o desejo de ir às ruas. “Os turistas tornam a cidade mais animada e nos mostram o quanto podemos aproveitar melhor tanta coisa que temos em volta”, explicou Cristianny, que tem ido à área externa do Estádio Mané Garrincha só para curtir e ver gente: “Brasília está mais bonita, estou orgulhosa”.

BEM VINDOS – Desde o início do Mundial até agora, a Secretaria de Turismo já orientou cerca de 45 mil turistas de 84 nacionalidades e 26 estados brasileiros. Isso considerando apenas os visitantes que procuram os pontos de atendimento. Na prática, esse número é ainda maior.

Mas os turistas não são os únicos interessados em informações sobre Brasília. “Recebemos muitos moradores querendo mapas e guias da cidade, para levar amigos que estão recebendo, e até mesmo redescobrir a cidade em que vivem”, contou o secretário de Turismo, Luis Otávio Neves, que já percebe mudanças na postura dos moradores. “Eles vestiram a camisa e resolveram mostrar que quem nasceu ou adotou Brasília como cidade tem muitos motivos para se orgulhar da capital”.

O Estádio Mané Garrincha também tem sido uma das razões do fenômeno “orgulho de ser brasiliense”. Para o secretário Extraordinário da Copa, Claudio Monteiro, isso começou ainda no ano passado, com a abertura da Copa das Confederações na arena.

“Nós ganhamos reconhecimento internacional, que se consolida agora, com a Copa do Mundo. Com isso, o turismo e a economia foram estimulados, e os brasilienses ganharam mais autoestima”, avalia Monteiro.

QUALIDADES – A aposentada Jesulinda Carvalho, 60, nunca teve dúvidas da importância da cidade onde criou os filhos e netos. Apesar de conhecer vários países, ela não vê lugar melhor para se viver do que aqui. “Não é à toa que esses estrangeiros estão encantados. Minha cidade é belíssima”, derrete-se.

Sentados na frente de um dos principais monumentos da cidade, a Torre de TV, o casal de comunicadores Danielly Facundo e Tayã Queiroz, ambos com 21 anos, observam com alegria a cidade. Rodeados de turistas, eles relacionam qualidades que consideram mais admiráveis. “A educação. Isso nos diferencia de muitos outros lugares. E a cada ano estamos crescendo nas questões culturais, aproveitando mais os espaços”, comemora Danielly.

Segundo o sociólogo Luís Otávio Teles, com a realização de novos eventos, a tendência é que as pessoas se identifiquem ainda mais com a cidade: “Se houver um fortalecimento dessas áreas, com mais shows e jogos, as pessoas sentirão ainda mais vontade de estar na cidade e mostrar o quanto ela é boa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios