BNDES realiza vistoria técnica na Prefeitura de Aparecida

0
29

bndesAparecida de Goiânia recebeu nesta sexta-feira, 8, a equipe técnica do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) responsável pela aprovação do Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos (PMAT) para a Prefeitura de Aparecida. Os representantes do BNDES, Márcia Gondim e Lúcio Almirão, se reuniram com o vice-prefeito Ozair José e secretários municipais pela manhã e depois visitaram diversos espaços públicos, começando pelo Centro de Cultura e Lazer José Barroso. No local será construído o novo Paço Municipal. A obra será executada com parte dos R$ 36 milhões que o BNDES repassará para a Prefeitura de Aparecida.

 “A implantação do PMAT em Aparecida foi divida em três etapas, a primeira foi o diagnóstico das necessidades reais. A segunda parte, a elaboração do projeto com base no diagnóstico, que já foi apresentado ao BNDES. E a última etapa, que finalizaremos ainda este mês, é a assinatura do contrato”, explicou o secretário de Administração e Recursos Humanos de Aparecida, Geoliano Lima, que coordena a implantação do PMAT no município.

Aparecida será a primeira cidade do g100 – grupo criado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que reúne cem municípios com renda per capita inferior a mil reais e com mais de 80 mil habitantes – a contratar o financiamento do BNDES. Com o PMAT, a prefeitura poderá promover diversas ações de modernização da administração, desburocratizar e proporcionar treinamento e capacitação dos servidores municipais para melhor atender a população. “É um programa de transformação da administração, pois nosso objetivo, além de informatizar a prefeitura, é de colocá-la à frente de seu tempo por meio de capacitação dos servidores para prestarem o melhor serviço a população”, avaliou o vice-prefeito.

Os recursos do PMAT serão aplicados na profissionalização da administração tributária; capacitação de servidores, que consequentemente melhorarão com a meta de melhorar o atendimento ao cidadão; assessoramento para criação de planos e cargos e salários para os servidores e treinamento de equipes de fiscalização. Além da aquisição de mobiliários, equipamentos modernos e consolidação da Intranet Municipal, que é a informatização das rotinas da administração; entre outras ações que tornarão a máquina pública muito mais eficiente e transparente.

“Hoje, as secretarias mais diretamente ligadas aos trabalhos administrativos não estão totalmente integradas, o que também tange o espaço físico. Com o PMAT será possível fazer essa adequação física e integrar toda a administração”, informou o secretário de Governo e Integração Institucional de Aparecida, Euler Morais.

Maria Helena afirma que os resultados são extremantes positivos e que mudam por completo a eficiência dos serviços da gestão municipal. “É comum ver a situação precária em que as prefeituras funcionam, com prédios e instalações velhas, processos empilhados e espalhados, falta de equipamentos eficientes para atender o cidadão. O recurso do PMAT ajuda a sanar esses problemas, a modernizar e inovar a administração pública”, finalizou.

PMAT – O programa consiste em empréstimos às prefeituras e órgãos públicos para garantir maior eficiência, qualidade e transparência às ações da gestão pública, algo que a Prefeitura de Aparecida de Goiânia vem se esforçando para buscar. O BNDES financia investimentos em capacitação técnica de servidores, pesquisas, elaboração de projetos relacionados ao investimento, tecnologia da informação, central de atendimento ao cidadão, máquinas e equipamentos credenciados ao banco, softwares e veículos. O banco desenvolvimentista, contudo, não pode investir na construção de postos de saúde, escolas e asfalto, por exemplo.