Atlético vence Paraná com golaço de revelação da base e mantém G-4 à vista

0
71

altéticoApertado, difícil, mas foi. O Atlético voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B, depois de ser derrotado pelo líder Ceará em casa. Nesta sexta (15), o Dragão bateu o Paraná por 2 a 1, com gols de Junior Viçosa e Victor Oliveira, com belo gol. O time goiano chegou aos 25 pontos e mantém o G-4 da Segundona no seu campo de visão.

1° Tempo

O Atlético começou a partida melhor, dominando o meio de campo e apostando nas tabelas pelas laterais para agredir o Paraná, que, percebendo a postura do Dragão, se resguardava no setor defensivo e saia bem nos contra-ataques. Na maioria das jogadas ofensivas, Júnior Viçosa ou André Luís caíam nos lados do campo para trabalhar com os laterais.

As três primeiras chances do time a jogada saíram com essa característica. Na primeira rendeu uma falta, que foi lançada na área e cortada pela zaga. Nas outras duas, foram marcados impedimentos de André Luís. Apesar da pressão, o Paraná se arriscava em contra-ataques e só não deu mais susto no torcedor atleticano porque também abusava dos impedimentos.

Após os 15 minutos a partida ficou quente para o Dragão. André Luís invadiu a área em jogada individual deixou Viçosa bem posicionado, mas o atacante chutou nas mãos do goleiro. Logo em seguida, o camisa nove perdeu uma chance inacreditável! Na pequena área, sozinho, quis bater com muita força e acabou tirando o rumo do chute, que foi para fora.

A melhor chance do Paraná veio somente no meio do primeiro tempo com Tiago Alves, que bateu direto uma falta lateral e quase enganou Márcio, mas o goleiro foi bem e espalmou. Em um lance infeliz, aos 30, Márcio tentou dar um pique para evitar escanteio, sentiu uma fisgada na coxa e não teve condições de continuar no jogo. Entrou Roberto.

Porém, seguido à má notícia, veio a boa. Aos 34, Pedro Bambu invadiu a grande área pela direita, cruzou rasteiro para trás, e Júnior Viçosa, artilheiro que é, apareceu para finalizar no contrapé de Marcos e inaugurar o placar. 1×0 para o Dragão. Assim, o Paraná se reteve ainda mais na defesa, dificultou a vida do Atlético, não saiu para o jogo e o primeiro tempo acabou em 1×0.

2°Tempo

A segunda etapa voltou com uma substituição no Paraná (Ricardinho por Adaílton), mas o Atlético é quem continuava no comando da partida. As duas primeiras chances foram do Dragão, as duas com Viçosa, que acabou finalizando para fora, a última, de carrinho na pequena área. Muito acionado, o atacante chegou a sentir dores na coxa, mas voltou a campo.

Aos 11 minutos, veio a penalidade para o Dragão por errar tantos gols. Os zagueiros rubro-negros não se entenderam, Roberto saiu mal no cruzamento e não afastou a bola, que sobrou livre para Tiago Alves empatar a partida. 1×1. O gol não assustou muito o Atlético, que matinha a sobriedade no jogo e tentava chegar ao segundo gol.

Tanto que, aos 25 minutos, Victor Oliveira fez um golaço para recolocar o Atlético na frente. O lateral, que vinha sofrendo para acertar um cruzamento, soltou uma bomba de fora da área no ângulo, sem chances para o goleiro, e fez o 2×1. E foi o suficiente para vencer a partida e manter o Atlético vivo na luta pelo acesso à Série A.

730