Árvores passam por checape em avaliação sobre a necessidade de derrubada

???????????????????????????????Com o status de uma das cidades mais arborizadas do país, Brasília apresenta alguns trechos de risco para a população, com galhos que podem cair a qualquer momento em calçadas, passeios, áreas de recreação e carros. O serviço de poda da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) será incrementado, a partir de agosto, com três aparelhos com tecnologia de ponta para medir os danos e a necessidade de corte de árvores. A empresa comprou um tomógrafo e dois resistógrafos, que prometem dar diagnósticos completos da saúde das plantas no Distrito Federal.

De acordo com o órgão, cerca de 800 árvores caem anualmente na capital: só em 2014, 721 foram cortadas por risco de queda. Até a chegada dos novos aparelhos, a avaliação era feita a partir dos conhecimentos de três engenheiros florestais e seis técnicos agrícolas. “Eles faziam uma avaliação visual, de acordo com a experiência deles, sobre o tipo de planta, o risco de queda. Com esses dois equipamentos, vamos ter noção da sanidade da árvore e do quanto vamos ter que tirar da planta, de acordo com o risco de cair”, comenta o chefe do Departamento de Parques e Jardins da Novacap, Rômulo Ervilha.

Os aparelhos que mais serão usados no dia a dia são os resistógrafos, segundo Ervilha, pela facilidade de serem manipulados pelos técnicos. Se o uso do tomógrafo for necessário, ele também sairá da caixa. “Nas próximas duas semanas, vamos fazer um treinamento com o pessoal. Avaliaremos as árvores com risco aparente. Geralmente, o técnico faz uma vistoria inicial, de acordo com o local em que a planta se encontra e o perigo de queda. Sabendo disso, verificaremos as que realmente precisam da poda, sanando qualquer dúvida que tivermos quanto ao interior do tronco”, explica o servidor da Novacap.

Correiobraziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios