Arthur mostra preocupação com defesa e diz que “passou da hora” de corrigir falhas

0
90

vilaO maior problema do Vila Nova nesta temporada tem sido os gols, tanto os marcados como os sofridos. Em 28 jogos no ano, o Vila marcou apenas 16 gols e sofreu 43, um saldo devedor de 27 gols. E de tanto falar em falhas em campo, a única certeza é que chegou a hora de dar um fim a elas. O jovem Arthur, que viveu boa parte dessa história negativa do clube, destacou que a ideia principal do time, daqui pra frente, deve ser a marcação.

A gente primeiro tem que preocupar ali atrás, em não tomar, e só depois pensar em fazer. Se a gente jogar fechadinho, marcando, tenho certeza que lá na frente vamos fazer. As falhas não são só na parte de trás, o time tem que começar a marcar lá da frente, e se isso não acontecer, a gente toma o gol. Tá acontecendo muito isso nos jogos e temos que corrigir isso, já passou da hora”

Para que isso seja facilitado, o técnico Márcio Azevedo pode mudar o esquema colorado e passar a atuar com três zagueiros e com um meio-campo recheado, deixando apenas um jogador no ataque. Arthur destacou que essa formação deu certo nos treinos e acredita que algo de positivo pode vir do confronto diante do Paraná, neste sábado, às 16h20, no Durival de Brito. Arthur, que deve ser titular, aprovou a mudança.

“Acho que tem que mudar, quando as coisas não estão acontecendo, tem que dar um jeito, fazer alguma coisa para melhorar. Essa formação nos treinos deu certo e espero que no jogo seja assim também. A gente ficou mais forte na parte defensiva e espero que tanto atrás como lá na frente, tudo possa ocorrer bem para conquistarmos uma vitória”

730