Após sequestro, um suspeito é morto e outro preso pela polícia em GO

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Um homem foi morto e outro preso durante perseguição policial na tarde desta quinta-feira (26), em Goiânia. Eles eram suspeitos de sequestrarem uma jovem de 20 anos , que foi abordada pela dupla e mais um comparsa quando saía do serviço, no Setor Cidade Jardim, e entrava em seu veículo. Funcionários da loja onde a moça trabalha viram a ação e acionaram a família dela e a polícia. O terceiro rapaz está foragido.

De acordo com o pai da vítima, quecarro não quis se identificar, ao receber a ligação informando o sequestro da filha, achou que se tratava de um trote. A jovem, que prefere não dar entrevistas por estar muito abalada, foi mantida refém por mais de uma hora. Quando o trio achou que já estavam em segurança, liberou a jovem e continuou a fuga.

A polícia conseguiu chegar até os suspeitos depois de rastrear o celular da vítima, que possui um dispositivo de localização e havia ficado dentro do veículo após a jovem ser libertada. “A intenção deles era deixar esse veículo no shopping pra esfriá-lo e posteriormente teria quem buscasse esse veículo. Inclusive, estavam encomendando um outro aqui na região. Então são jovens de alta periculosidade que estavam cometendo vários roubos aqui na região” disse o coronel da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), Renato Brum.

Ao ser localizado, o trio começou uma troca de tiro com os policias. Um dos suspeitos acabou sendo baleado e morreu no local. Um segundo suspeito conseguiu fugir do cerco policial e se esconder em uma casa em construção. Porém, foi localizado, baleado na perna por policiais do Grupamento Aeropolicial e Resgate Aéreo (Graer) e acabou se rendendo. Ele foi levado para o Hospital de Urgências de Goiás (Hugo), onde recebeu atendimento.

O terceiro suspeito envolvido no sequestro ainda não foi encontrado pelos policiais

G1

Notícia postada em  

  • 27 de junho de 2014
  • Da Redação