Após esfaquear jovem, suspeito rouba carro, bate veículo e é agredido

0
40

Crimes ocorreram em sequência no Setor Leste Universitário, em Goiânia.

rouboUm motorista de 28 anos foi agredido após bater o carro em outro veículo, na manhã deste domingo (7), no Setor Leste Universitário, em Goiânia. A Polícia Militar informou que o homem espancado tinha roubado o automóvel em que estava poucos minutos antes, em um posto de combustíveis próximo ao local. Antes do assalto, conforme os militares, ele ainda esfaqueou outra pessoa no mesmo bairro.

O homem foi agredido com macaco mecânico e pedras. Quando os policiais chegaram ao local, o encontraram caído no chão. Ele foi encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Segundo a unidade de saúde, o estado dele é grave.

[saiba_mais]

Militares que atenderam à ocorrência disseram que não há informações sobre quem são os agressores, pois, quando chegaram ao local do crime, eles já haviam fugido. Entretanto, uma testemunha relatou aos policiais que a agressão foi cometida por três homens que estavam no carro batido.

Os suspeitos ainda depredaram o automóvel em que o homem agredido estava, um Chevrolet Celta vermelho. O veículo foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de Goiânia.

A pessoa que presenciou o fato não soube informar o modelo do automóvel em que o trio estava, disse apenas que era preto. A testemunha também não soube dizer se o motivo do linchamento foi apenas a colisão.

Esfaqueamento
Antes de roubar o carro, o homem esfaqueou um jovem de 21 anos no mesmo bairro. De acordo com a Polícia Militar, os dois são usuários de drogas. Os agentes acreditam que o uso de entorpecentes tenha causado a briga.

A vítima foi socorrida e levada ao Hugo. O hospital informou que ele foi atendido e recebeu alta médica no final da manhã.

De acordo com a PM, o suspeito de ter esfaqueado o jovem e que foi agredido após bater o carro já tinha passagens por assalto à mão armada, roubo, furto, ameaça e dano ao patrimônio público. Devido aos acontecimentos deste domingo, ele deve ser indiciado por tentativa de homicídio e roubo.

G1