Aparecida de Goiânia, domingo, 11 de abril de 2021

Aparecida tem taxa de infecção e letalidade da covid19 menor que em Goiânia e Anápolis

Redação
25 de março de 2021
Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera.

Segundo a secretaria de Saúde do Estado, pela segunda vez Goiás  Goiás bateu recorde de novos casos de coronavírus em 24h pelo segundo dia consecutivo. Ontem, quarta-feira (24), o boletim do governo contabilizou 5.409 pessoas contaminadas. O balanço de terça-feira registrou  4.963 casos. Nas últimas 24 horas, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) também contabilizou 66 mortes pela doença, que já vitimou 10.648 goianos.

De acordo com os dados da SES, em todo o Estado são 464.448 contaminadas pela covid-19, sendo de 440.974 recuperam-se da doença e outros 393.267 casos suspeitos ainda estão em investigação, em ainda 308 mortes sendo apuradas.

Entre os estados, o Distrito Federal é o que tem maior aumento no número de mortes (+ 167%), Goiás teve alta de 18% e o Tocantins de 89%. Os estados com maior redução de óbitos foram Roraima (-48%) e o Amazonas (-27%).

Em relação às cidades da região metropolitana da Capital, uma boa notícia para Aparecida de Goiânia: o município é o segundo com menor percentual que define a taxa de infecção e a letalidade. Trindade figura com a taxa mais alta: 3,94%, considerando que a taxa nacional é de 2,16%. A “Capital da Fé” tem uma população de cerca de 100 mil, e apresenta 183,33 mortes para cada 100 mil habitantes. Goiânia aparece a seguir com 2,77% e uma taxa de 215,81 óbitos por 100 mil habitantes; Anápolis registra 2,63% e taxa de 164,38 mortes/100 mil hab, contra 2,61% de Hidrolândia com taxa de 189,38/100 mil.

 Aparecida  de Goiânia tem 1,72% diante da média nacional de 2,16% e taxa de letalidade de 150,14/100 mil habitantes. Senador Canedo aparece com 1,5% e 132,.54/100 mil. Bela Vista de Goiás, embora tenha uma taxa de infecção maior (2,14%), tem taxa de letalidade menor entre as cidades pesquisas: 118/100 mil.

Os dados da pesquisa foram tabulados pelo pesquisador Wesley Costa, da Universidade Federal de Viçosa.

A secretaria de Estado da Saúde informa que a rede estadual de saúde tem 26 hospitais com 100% de ocupação dos leitos de UTIs, conforme o boletim de quarta-feira. A taxa de ocupação das UTIs de Covid-19 na rede pública estadual chegou a 98%. Na enfermaria, 83% dos leitos estão ocupados.

Em Goiânia, 99% das UTIs estão com pacientes. Apenas 1 das 290 vagas estão disponíveis nesta quarta-feira. O nível da enfermaria é de 97%.

Com informações do G1 do Consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde

CLIQUE AQUI e veja no G1 o total de mortes por cidades em Goiás

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram