Aparecida realiza Campanha de Prevenção às Violências no Dia Internacional da Mulher

0
737

Com o objetivo de sensibilizar e conscientizar a população, a Secretaria Municipal de Saúde realiza a Campanha de Prevenção às Violências no Dia Internacional da Mulher, na quarta-feira, 8 de março. A ação será às 8h30, na Unidade Básica de Saúde Veiga Jardim, que fica na Rua Major Manoel Augusto Brandão, área pública municipal 5, setor Veiga Jardim.

A programação da campanha inclui realização de palestras sobre prevenção às violências; atendimentos do Centro de Testagem e Aconselhamento Itinerante (CTAI) com testes rápidos de HIV, hepatites e sífilis; trailer da odontologia com assistência básica de odontologia e aferição de pressão arterial. O evento é gratuito e aberto a toda população, com foco no público feminino.

Os principais objetivos da campanha é sensibilizar a população para o cuidado com as mulheres, focando em suas questões de saúde e na prevenção de violências. Divulgar o número 180 – Central de Atendimento à Mulher que funciona 24 horas por dia, de segunda a domingo, inclusive feriados. A ligação não é tarifada e o atendimento ocorre em âmbito nacional. Além de, incentivar mulheres que vivem em situação de violência a procurarem seus direitos e fazer a denúncia na Delegacia da Mulher.

O Programa de Saúde da Mulher tem por objetivo promover a assistência integral à saúde da mulher, visando à redução da morbimortalidade deste grupo populacional, especialmente por causas evitáveis, em todos os ciclos de vida e nos diversos grupos populacionais (mulheres negras, indígenas, residentes em áreas urbanas e rurais, em situação de risco, presidiárias, de orientação homossexual, com deficiência, dentre outras.) sem discriminação.

O Programa de Prevenção à Violência e Promoção da Saúde foi implantando no município de Aparecida de Goiânia no ano de 2012, desde então já foram notificados 2.024 casos de violências, sendo estes mais frequentes em mulheres (66,6%), enquanto em homens foram 33,3% dos casos notificados. A frequência por local de ocorrência das violências notificadas nesse período foi principalmente nos próprios domicílios, seguidos de via pública.

O Programa é composto por uma equipe de psicólogos e assistência social, que recebe todas as Fichas de Notificação de Violência Interpessoal/Autoprovocada realiza busca ativa via telefone de todos os casos notificados e oferece atendimento psicológico aos casos que preenchem critério de atendimento.

História

No dia 8 de março comemora-se o Dia Internacional da Mulher, a data foi instituída para lembrar a luta de operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque que fizeram greve reivindicando pela redução na carga diária de trabalho para dez horas, equiparação de salários com os homens para executar o mesmo tipo de trabalho e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. Estas mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas.

Diante do exposto e dos dados epidemiológicos que atualmente temos em nosso município, a Secretaria Municipal de Saúde por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde/Programa de Prevenção às Violências em parceria com a Coordenação de Doenças Não Transmissíveis observa-se a importância em lembrar a data para comemorar os avanços conquistados e manter a luta por direitos e respeito às mulheres. Para tal será realizada um dia campanha com o objetivo de orientar a população da importância de identificar e não calar-se diante de uma violência.