Aparecida de Goiânia, terça-feira, 28 de setembro de 2021

Aparecida mantém medidas de restrição por mais sete dias

Redação
8 de março de 2021

Após este ciclo de 14 dias, Aparecida deve voltar ao modelo de isolamento social intermitente por escalonamento regional.

Foi publicada neste domingo, 07, no Diário Oficial Eletrônico de Aparecida de Goiânia, a portaria n 018/2021 GAB-SMS, que trata da continuidade por mais sete dias da paralisação das atividades não essenciais no município. O documento estabelece orientações operacionais em atenção às medidas de enfrentamento da pandemia com a promoção do isolamento social na cidade, que será adotada pelas cidades da Região Metropolitana, o objetivo é o de conter a transmissão da Covid-19 que continua com altos índices nos municípios e assim evitar colapso no sistema de saúde.

A decisão pela prorrogação das medidas restritivas foi tomada após reunião realizada no início da noite deste sábado, 06 com os prefeitos da região metropolitana.

“Fizemos uma semana de isolamento social total com o fechamento de todas as atividades comerciais não essenciais para poder conter a transmissão do vírus em nossa cidade. Mas somente uma semana não foi o suficiente, pois continuamos com altos números de casos positivos e nossos leitos exclusivos para Covid-19 estão com ocupação de 93%. Um número que nunca atingimos, mesmo no pico da doença no ano passado”, comentou o prefeito Gustavo Mendanha destacando ainda que pode retomar o escalonamento regional após essa semana.

Pela portaria publicada no DOE deste domingo, apenas as atividades essenciais podem continuar abertas. Consta dos artigos que as ferragistas e lojas de materiais de construção devem ficar fechadas neste período. Distribuidoras de bebidas, restaurantes e lanchonetes do município só podem funcionar no formato delivery, sem retirada no balcão. No caso dos supermercados, para evitar aglomeração nas unidades, só poderá entrar um membro de cada núcleo familiar.

Conforme dados técnicos da Secretaria Municipal de Saúde, Aparecida a matriz de risco de Aparecida hoje está no cenário laranja, ou seja, alto. O secretário Alessandro Magalhães, que também coordena o comitê de Aparecida, informou na reunião de sexta-feira, 05, que hoje na cidade o índice de casos positivos é de cerca de 30% a cada 100 testes realizados nos drives e unidades de saúde. “Tivemos um salto considerável também no número de internações. Ano passado, a cada 100 positivos, quatro eram internados. Hoje são oito ou mais. E um perfil diferente, com mais jovens e adultos que idosos. Por isso precisamos barrar essa cadeia de transmissão”, sublinhou.

Fiscalização – Ficou acordado na reunião o reforço na fiscalização do cumprimento tanto das medidas que constam na portaria e também as medidas sanitárias em vigor durante esses sete dias. “Pedimos que todos cumpram as regras, pois precisamos conter a transmissão do coronavírus em nossa cidade”, salientou o secretário municipal de Segurança Pública, Roberto Cândido.

A população pode ajudar a Prefeitura a fiscalizar. Se alguém ver algum estabelecimento descumprindo as regras que existem para ajudar a salvar vidas, as denúncias podem ser feitas pelos telefones que também são whastapp: 3238 7243, 3545 5992 whatsapp, 3545 5999 ou o 153 da Guarda Municipal. Há ainda os números SEMMA para denuncia de festas clandestinas pelos telefones 3238-7216/ 7217 ou enviar mensagem de texto para o Whatsapp 98459-1661.

Números

De acordo com a SMS, até as 17 horas deste sábado, 06 de março, o município realizou 213.903 testes de diagnóstico de Coronavírus. Os exames são do tipo RT-PCR, que é considerado o padrão ouro para esse diagnóstico. O painel da Covid-19 mostra que a cidade tem hoje 50.751 casos confirmados da doença, com 772 casos ativos e 49.266 pessoas recuperadas e 732 óbitos foram confirmados. A taxa de ocupação de leitos públicos exclusivos para pacientes com covid-19 está em 93%

Exceções
Conforme texto da portaria, fica decretado que que todos os estabelecimentos de atividade econômica devem ficar fechados por 07 (sete) dias seguintes à publicação do documento, com EXCEÇÃO das seguintes atividades essenciais, exclusivamente aquelas realizadas: Estabelecimentos de saúde relacionados a atendimento de urgência e emergência e demais atendimentos clínicos veja lista completa no DOE Aparecida).

Também podem funcionar em caráter excepcional cemitérios e funerárias, conforme determinações de Portaria municipal específica; lojas agropecuárias em formato delivery; agências bancárias, conforme legislação federal e casas lotéricas. Estão liberados ainda, sempre cumprindo as regras sanitárias em vigor por portaria própria, supermercados, hipermercados, atacarejos de gêneros alimentícios, mercearias, comércio atacadista e distribuidoras de gêneros alimentícios.

Não podem funcionar feiras, comércio em geral, academias, igrejas (apenas com atendimento individual, sem cultos ou missas). As escolas continuam funcionando cumprindo as regras já estipuladas como a presença de apenas 30% do total de alunos por sala de aula. Mais informações no DOE da Prefeitura de Aparecida de Goiânia – https://webio.aparecida.go.gov.br/diariooficial/download/

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram