Bem-vindo(a) à Aparecida de Goiânia
Cidade Inteligente

Aparecida está mais conectada, aponta Ranking de Competitividade dos Municípios

Redação
24 de novembro de 2021

Análise do desenvolvimento das 411 cidades brasileiras de mais de 80 mil habitantes mostra, em relação a 2020, Aparecida permanece estável, entre os municípios mais atrativos do país

Aparecida de Goiânia segue avaliada no Ranking de Competitividade dos Municípios como uma das cidades mais eficientes do Brasil em planejamento da administração pública, promoção do bem-estar social, execução de serviços públicos, atendimento às necessidades da população e geração de um ambiente de negócios saudável. Publicada nesta semana, a segunda edição desta pesquisa realizada pelo Centro de Liderança Pública (CLP) mostra que Aparecida se mantém estável no ranking geral, posicionada na 209ª colocação, na frente de outros 202 municípios, em comparação com as 411 cidades de mais de 80 mil habitantes avaliadas no ranking.

Segundo os organizadores do levantamento, o Ranking de Competitividade dos Municípios propõe, com a divulgação dos dados, uma "competição saudável no setor público". A intenção é de levar os municípios a melhorarem os serviços prestados ao cidadão, "atraindo empresas, trabalhadores e estudantes para ali viverem e se desenvolverem". Somando as 411 cidades pesquisadas nesta edição, o ranking retrata a realidade dos municípios onde vivem 59,75% da população brasileira, ou seja, 126,52 milhões de pessoas.

A pesquisa feita pelo CLP atribui notas aos municípios segundo seus resultados obtidos nas dimensões instituições, sociedade e economia. Dentro dessas três esferas, o ranking avalia o desenvolvimento dos municípios nos pilares inovação e dinamismo econômico, educação, saúde, sustentabilidade fiscal,
funcionamento da máquina pública, telecomunicações, saneamento, capital humano, segurança, inserção econômica e meio ambiente. A partir de então, as cidades são pontuadas em 65 indicadores, como taxa de investimento, cobertura vacinal, qualidade de ensino e crescimento dos empregos formais, por exemplo.

Em 2020, quando o Centro de Liderança Pública divulgou a primeira edição do ranking - na época, com 405 municípios avaliados -, Aparecida estreou na pesquisa figurando entre as três cidades brasileiras que mais criam condições para impulsionar o desenvolvimento do município. Ao lado de Balneário Camboriú (SC) e Curitiba (PR), Aparecida foi top 3 no grupo das cidades com o poder público mais fortalecido. Ficou em 202º no ranking geral.

Neste ano, um dos destaques nos resultados de Aparecida foi o indicador telecomunicações, que pontua as condições criadas nos municípios para melhorar a conectividade e o acesso do cidadão a meios de comunicação. Neste critério, Aparecida subiu 123 posições em relação a 2020 e, no âmbito nacional, ficou agora na 68ª colocação. No quesito segurança, Aparecida também avançou para a parte de cima do ranking. Saltou sete posições na comparação com 2020, e hoje aparece nacionalmente no 208º lugar.

"Esses avanços tanto em telecomunicações como em segurança são reflexos diretos da implementação do programa Cidade Inteligente, que tem quase 30 projetos em andamento. Da internet gratuita nos 200 pontos de wifi que estamos instalando na cidade ao videomonitoramento com mais de 3 mil câmeras, inclusive com inteligência artificial, o investimento de R$ 57 milhões que fizemos no programa Cidade Inteligente mostra que, além de todos os benefícios gerados por essa iniciativa, Aparecida vai tornando também um município cada mais vez mais competitivo e atrativo para investimentos", comenta o prefeito Gustavo Mendanha.

O estado de Goiás teve 16 municípios analisados no ranking do CLP. Aparecida ficou entre os cinco mais bem avaliados regionalmente, na frente, por exemplo, de Itumbiara (6º), Anápolis (7º) e Trindade (8º). Com uma população estimada pelo IBGE em 601 mil habitantes, Aparecida se destacou também no Centro-Oeste. Segundo o Ranking de Competitividade dos Municípios, a cidade é uma das 15 mais competitivas na Região Central do Brasil, considerando 28 municípios dos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso Sul avaliados no levantamento.

Secretário do Trabalho de Aparecida, Jeferson Ferreira destaca que, no ranking dos municípios, a cidade evoluiu também no indicador de capital humano. Neste critério, Aparecida subiu seis posições, para 368º lugar, colocada à frente, por exemplo, de Senador Canedo (369º) e Águas Lindas de Goiás (376º). "O capital humano está ligado diretamente à qualificação de mão de obra, o que, para a gestão do prefeito Gustavo Mendanha, é uma das prioridades, ajudando o cidadão a se colocar no mercado de trabalho. Nesse sentido, nosso Sistema Municipal de Empregos e a plataforma Espaço de Trabalhador, que oferece centenas de cursos profissionalizantes gratuitos, têm feito a diferença em empregabilidade em todo o estado de Goiás", conclui o gestor.

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram