Aparecida disponibiliza 4ª dose para maiores de 50 anos

Intervalo mínimo entre a terceira e a quarta dose é de 4 meses. Imunização está disponível em 39 postos

Da Redação
07/06/2022 - 08:12
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Aparecida disponibiliza 4ª dose para maiores de 50 anos

Intervalo mínimo entre a terceira e a quarta dose é de 4 meses. Imunização está disponível em 39 postos

A Secretaria de Saúde de Aparecida (SMS) começou a aplicar, nesta segunda-feira (6) a segunda dose de reforço da vacina contra a covid-19 em trabalhadores da saúde e em todas as pessoas com mais de 50 anos. Até então, a quarta dose estava disponível apenas para idosos e imunossuprimidos. A ampliação do grupo é uma recomendação do Ministério da Saúde, que considerou, para tanto, a redução da efetividade dos imunizantes com o passar do tempo, a segurança da medida e o cenário epidemiológico do país.

Os interessados em receber a segunda dose de reforço da vacina em Aparecida podem procurar qualquer um dos 39 postos fixos de imunização da cidade. A aplicação deve obedecer o intervalo mínimo de quatro meses entre a terceira e a quarta dose. Além disso, é necessário apresentar documentos pessoais e o cartão de vacinação. Trabalhadores da saúde também precisam comprovar a atuação.

“A Campanha da Vacinação contra a Covid-19, desde o começo, tem sido dinâmica e adaptável à evolução do conhecimento científico. Conforme os estudos avançam, as estratégias mudam. Agora chegou a vez das pessoas com mais de 50 anos e trabalhadores da saúde receberem a 4ª dose, com segurança! Estamos animados com essa notícia e convidamos todos que já receberam a primeira dose de reforço há pelo menos quatro meses a procurarem um dos nossos postos. Esperamos todos vocês”, informa a coordenadora de Imunização de Aparecida, Renata Cordeiro.

Proteção comprovada

A gestora lembra que pesquisas científicas já demonstraram que, com uma segunda dose de reforço, houve aumento de cinco vezes nos títulos de anticorpos após uma semana da aplicação. “Apesar da comunidade científica indicar a aplicação de novas doses para aumento da proteção, apenas 30% da população adulta de Aparecida recebeu o primeiro reforço. Isso é preocupante, ainda mais considerando o aumento de casos do último mês”, alerta.

De acordo com o último boletim de vacinação da SMS, de 20 de janeiro de 2021 a 23 de maio de 2022, o município já aplicou 1.013.279 doses de vacinas contra a covid-19. Os dados apontam que 91,44% da população acima de 12 anos recebeu a primeira dose e 80,19% completou o esquema vacinal básico com as duas doses. 130.080 pessoas receberam a terceira dose e 21.284 idosos e imunossuprimidos receberam o segundo reforço. Já a vacinação infantil alcançou 50% de cobertura do público-alvo com a primeira dose e 21,12% com a segunda dose.

Onde encontrar a vacina

Em Aparecida, as vacinas contra a Covid-19 para adolescentes e adultos, isto é, para moradores acima de 12 anos, estão disponíveis na Central de Imunização, na Maternidade Marlene Teixeira e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) dos bairros Andrade Reis; Colina Azul; Bairro Cardoso; Delfiore; Alto Paraíso; Bandeirantes; Bairro Ilda; Independência; Buriti Sereno; Campos Elíseos; Cândido de Queiroz; Caraíbas; Chácara São Pedro; Cruzeiro do Sul; Independência Mansões; Jardim Bela Vista; Jardim Boa Esperança; Jardim dos Buritis; Jardim dos Ipês; Jardim Florença; Jardim Olímpico; Jardim Paraíso; Jardim Tiradentes; Madre Germana; Nova Olinda; Papillon Park; Parque Trindade; Pontal Sul II; Residencial Anhambi; Residencial Garavelo Park; Retiro do Bosque; Jardim Riviera; Rosa dos Ventos; Santa Luzia; Santo André; Veiga Jardim e Expansul.

A Central de Imunização funciona de segunda a sábado, das 8 às 18h. Já a sala de vacinação da Maternidade Marlene Teixeira fica aberta de segunda a sexta, das 8 às 18h. As UBS´s funcionam de segunda a sexta, das 8 às 16h.
Em todos esses 39 locais estão disponíveis imunizantes para a primeira dose, segunda ou para os reforços. A D1 é aplicada mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento e cartão SUS ou CPF. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de algum responsável.

Já a segunda dose é aplicada mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação, de acordo com os intervalos mínimos previstos entre a primeira e a segunda aplicação: 28 dias para a Coronavac e oito semanas para Pfizer e AstraZeneca.

Além disso, qualquer pessoa acima de 12 anos que tenha recebido a segunda dose dos imunizantes Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer há quatro meses já pode receber a dose de reforço (terceira dose) mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação. Quem recebeu a dose única da Janssen também pode receber o reforço no intervalo de dois meses.

Moradores com mais de 50 anos, trabalhadores da saúde e imunossuprimidos que tenham recebido a terceira dose há quatro meses já podem receber a quarta dose da vacina. O segundo reforço é aplicado mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação.

Vacinação infantil

Crianças de 5 a 11 anos podem ser vacinadas contra o novo coronavírus na Central de Imunização, na Maternidade Marlene Teixeira e nas UBS´s dos bairros Andrade Reis, Anhambi, Cardoso, Veiga Jardim, Retiro do Bosque; Jardim Olímpico; e Cândido de Queiroz. Para receber a proteção, elas precisam estar acompanhadas de um responsável legal e apresentar certidão de nascimento ou RG, cartão SUS ou CPF e o cartão de vacinação. Caso o responsável não possa acompanhar, basta assinar um termo de autorização, que deve ser apresentado no momento da imunização.