Aparecida debate regras junto ao MPF para seleção de beneficiários do Minha Casa Minha Vida

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

A Secretaria de Habitação, ligada a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Aparecida, reuniu nesta terça-feira, 16, com o Procurador da República, Ailton Benedito de Souza.  Na audiência, realizada na sede do Ministério Público Federal (MPF), eles debateram os procedimentos e regras para os processos de inscrição, inclusão, seleção, habilitação e sorteio de candidatos à aquisição de unidades habitacionais do Condomínio Residencial Buriti Sereno, em Aparecida.

Na audiência, o Procurador da República Ailton Benedito de Souza ressaltou que o MPF irá acompanhar o andamento dos processos, pois tem a preocupação quanto ao cadastro e seleção do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV). O magistrado orientou ainda que todas as fases do programa devem zelar pela transparência e publicidade.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ozair José, afirmou que o município tem o objetivo de zelar pela transparência dos processos. Para isso, foi instituído uma Comissão Técnica para Acompanhamento e Fiscalização do Processo de Seleção das famílias.

As inscrições para o sorteio das unidades habitacionais do Buriti Sereno começaram há trinta dias e se encerram amanhã, dia 18 de maio. Para mais informações, ligue 3545-5251. Situado na Avenida das Nações, os apartamentos do empreendimento serão sorteados para famílias com renda mensal de zero a R$1.800.

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.