Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 18 de junho de 2021
Aparecida 99 anos

Aparecida chega aos 99 moderna e promissora

Redação
11 de maio de 2021

De cidade dormitório a cidade inteligente, município vê guinada para o desenvolvimento ao investir nas pessoas, na infraestrutura da cidade e na modernização da gestão pública

Falta pouco para Aparecida completar 100 anos de fundação. É a data mais emblemática na história da cidade. E está tão perto de chegar, que a contagem regressiva começa já nesta terça-feira (11), no aniversário de 99 anos do município. O clima nas ruas é de saudosismo. Na Prefeitura de Aparecida, a convicção que se tem é de que o município assumiu o perfil de cidade inteligente e progressista. A cidade dormitório da década de 1990 ficou para trás.

Com quase 600 mil habitantes, que povoam mais de 280 bairros, Aparecida ruma para o centenário com muitas razões para celebrar. Claro que, neste momento, sem eventos abertos, aglomerações e toda a movimentação típica na cidade no mês de maio. A pandemia de Covid-19 impede o contato físico, mas não arrefece o calor humano.

Para o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, o maior patrimônio construído pela cidade nesses quase 100 anos é sua população. “Aparecida tem o diferencial de contar com moradores participativos e proativos, que, além de cobrar soluções, cooperam na preservação do bem público e se posicionam nas decisões para a coletividade”, diz o gestor.

PREFEITO GUSTAVO MENDANHA FOTO RODRIGO ESTRELA SITE
Prefeito Gustavo Mendanha conduz Aparecida na trajetória para os 100 anos de fundação da cidade – Foto: Rodrigo Estrela

A proximidade das pessoas com a administração da cidade favorece diretamente a população. Gustavo concorda e acrescenta que essa relação se fortaleceu nos últimos anos. Não por coincidência, a linha do tempo de Aparecida define claramente o ponto de ruptura entre o passado e o presente, e indica o caminho para trilhar no futuro. Quanto mais os moradores foram se envolvendo nas questões do município, exercendo a cidadania, mais a cidade cresceu, evoluiu e se modernizou, até chegar ao patamar de cidade inteligente.

Para promover essa expansão, a Prefeitura de Aparecida assumiu nos últimos anos um modelo de gestão democrático, técnico e modernista. Segundo o prefeito Gustavo Mendanha, a administração é movida pela busca da eficiência, produtividade e transparência nos atos da gestão, que hoje se tornou referência em Goiás e no Brasil.

Atenção no cuidado com as pessoas

INAUGURACAO HOSPITAL MUNICIPAL FOTO CLAUDIVINO ANTUNES 115 SITE
Inaugurado em 2018, Hmap é protagonista hoje no enfrentamento à Covid em Goiás – Foto: Claudivino Antunes

Na área da saúde, os destaques já começam no orçamento. A Prefeitura de Aparecida tem destinado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) 23% da arrecadação, em média. Esse índice é 53% maior do que os 15% exigidos pela lei.

Com esses investimentos, a administração construiu, equipou e agora mantém o Hospital Municipal de Aparecida (Hmap), que atende pacientes da cidade e de mais 55 municípios. A unidade, que recebe consultoria do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, tem 96% de aprovação dos pacientes. O Hmap foi inaugurado em 2018, já com 230 leitos.

Além do Hmap, a rede de saúde de Aparecida cresceu com a inauguração, também nos últimos anos, do Centro de Especialidades. A estrutura no Jardim Boa Esperança tem 24 consultórios, onde são oferecidas 18 especialidades médicas. Na década passada, Aparecida avançou também com a implementação de 40 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e três Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), no Brasicon, Buriti Sereno e Parque Flamboyant. “Toda essa estrutura tem sido determinante no trabalho que estamos fazendo de enfrentamento à Covid-19”, aponta o secretário de Saúde de Aparecida, Alessandro Magalhães.

Enfrentamento à Covid

Pouco mais de um ano depois, Aparecida contabiliza quase 270 mil testes RT-PCR (padrão ouro) realizados desde abril de 2020, sem parar. A média é de 1.500 exames por dia. Quase 50% dos testes registrados em Goiás foram realizados em Aparecida de Goiânia. A cidade se aproxima das 100 mil doses aplicadas, entre 1ª e 2ª dose do imunizante contra Covid.

COLETA DE TESTE COVID19 FOTO RODRIGO ESTRELA 2 SITE
Aparecida realizou quase metade de todos os testes RT-PCR contabilizados em Goiás – Foto: Rodrigo Estrela

Com intensa testagem, oito postos de vacinação, uma Central de Telemedicina para monitorar pacientes com sintomas leves e 352 leitos exclusivos para Covid, sendo 176 de UTI, Aparecida tem conseguido preservar o ativo mais importante de todos: vidas. Em estudo feito pela FioCruz, a entidade identificou que Aparecida possui a menor taxa de letalidade (1,88%) entre os cinco maiores municípios goianos. E mais: o índice de Aparecida é menor do que as taxas de letalidade de Goiás e do Brasil.

Com olhar voltado também para o social, a Prefeitura de Aparecida, através da Secretaria de Assistência Social, arrecadou e distribuiu nesta pandemia milhares de cestas básicas para famílias mais vulneráveis. E tem acolhido pessoas em situação de rua, entregando a elas marmitas, roupas, kits de higiene pessoal e cobertores. No Jardim Tropical, o Restaurante Popular segue fornecendo diariamente mais de mil marmitas.

Foram tomadas providências para proteger também empregos, o que passa pela atenção ao setor produtivo. Após suspender o comércio por 30 dias seguidos, em março de 2020, para frear a Covid, a Prefeitura de Aparecida adotou o isolamento social intermitente por escalonamento regional das atividades econômicas, inspirado no modelo de Israel. Com a abertura ordenada das suas dez macrozonas, a adesão ao escalonamento chega a 98%. Na segunda onda, as mesmas medidas foram tomadas, e hoje a cidade está no cenário verde, de risco baixo.

VACINACAO DRIVE CIDADE ADMINISTRATIVA ENIO MEDEIROS 9 SITE 4
Vacinação contra Covid avança em Aparecida já com quase 100 mil doses aplicadas – Foto: Enio Medeiros

Cidade melhor para viver

O empenho no combate à Covid é antecedido por anos de trabalho para construir, com a população, uma cidade melhor para viver. E isso requer infraestrutura. Só nos últimos três anos, foram implementados mais 250 mil m² de asfalto em todo o município. Hoje, Aparecida tem 75% das ruas habitadas e com rede de água tratada já asfaltadas. A pavimentação asfáltica é feita agora no Goiânia Park Sul, Setor Ibirapuera, Jardim Itapuã 2, Boa Esperança e Vila Oliveira.

Em breve, Aparecida terá sua malha viária ainda mais expandida com a criação, na região do Grande Garavelo, de cinco novos eixos no sentido leste-oeste.  Todos já entraram em fase inicial de construção. Somente o ELO 01 terá 8,9 km de extensão. Os cinco eixos serão construídos pela Prefeitura de Aparecida com um recurso de R$ 135 milhões obtidos num empréstimo já aprovado no Banco de Desenvolvimento da América Latina.

OBRAS EIXO ESTRUTURANTE BURITI SERENO FOTO CLAUDIVINO ANTUNES 26 SITE 3
Projeto dos 5 novos eixos Leste-Oeste já tem obras em andamento – Foto: Claudivino Antunes

Na Aparecida de hoje, a cidade promove qualidade de vida com mais quase 80 km de ciclovias e ciclofaixas implantadas nos últimos anos; com o Viaduto Vereador João Antônio Borges, que desafogou o trânsito na Avenida São Paulo, na Vila Brasília; e ainda mais de 100 praças construídas ou reformadas recentemente. Elas mudaram a cara da cidade.

Tanto as praças quanto os parques públicos locais representam o município bonito, leve, sustentável e acessível que Aparecida se tornou. A começar da Praça da Cidade Administrativa Luiz Alberto Maguito Vilela, inaugurada em 2019. Quando o expediente na Prefeitura termina, os frequentadores logo chegam para curtir o verde e ar puro na praça.

CIDADE ADMINISTRATIVA ENIO MEDEIROS 5 site 1
Sede da Prefeitura de Aparecida passou a se chamar Cidade Administrativa Maguito Vilela em homenagem póstuma ao ex-prefeito – Foto: Enio Medeiros

Preparação para o futuro

Assim, Aparecida caminha para o centenário pensando também no futuro e, por isso, investindo em educação. O município criou mais de 5.600 vagas na rede nos últimos anos e está reformando 17 escolas e um CMEI. Na formação das novas gerações, a Prefeitura de Aparecida proporciona, já em 50% das escolas, o ensino de robótica. É um forte aliado no processo de popularização da cultura digital.

E o digital, que já dita o futuro das pessoas e das instituições, impulsiona o protagonismo de Aparecida através do programa Cidade Inteligente. A cada dia, Aparecida fica mais conectada com uma ampla rede de 723 km de fibra óptica em instalação, e mais segura, com 650 câmeras de videomonitoramento equipadas com inteligência artificial. Hoje, 309 desses equipamentos já ajudam as forças de segurança na vigilância do município.

“O programa Cidade Inteligente representa tudo o que queremos para Aparecida nos próximos 100 anos: uma cidade pujante, acessível, prática, moderna, inclusiva, sustentável, eficiente e autônoma. Desde a educação das crianças à atenção com os idosos, estamos empenhando o que temos de melhor para chegar ao centenário tendo ainda mais motivos para nos orgulhamos de Aparecida, a nossa cidade”, conclui o prefeito Gustavo Mendanha.

CIT FOTO WIGOR VIEIRA 3 SITE
Com o CIT, Aparecida se tornou referência em inovação no serviço público; municípios de dentro e fora de Goiás buscam inspiração no modelo aparecidense – Foto: Wigor Vieira

De cidade dormitório a cidade inteligente, município vê guinada para o desenvolvimento ao investir nas pessoas, na infraestrutura da cidade e na modernização da gestão pública

Falta pouco para Aparecida completar 100 anos de fundação. É a data mais emblemática na história da cidade. E está tão perto de chegar, que a contagem regressiva começa já nesta terça-feira (11), no aniversário de 99 anos do município. O clima nas ruas é de saudosismo. Na Prefeitura de Aparecida, a convicção que se tem é de que o município assumiu o perfil de cidade inteligente e progressista. A cidade dormitório da década de 1990 ficou para trás.

Com quase 600 mil habitantes, que povoam mais de 280 bairros, Aparecida ruma para o centenário com muitas razões para celebrar. Claro que, neste momento, sem eventos abertos, aglomerações e toda a movimentação típica na cidade no mês de maio. A pandemia de Covid-19 impede o contato físico, mas não arrefece o calor humano.

Para o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, o maior patrimônio construído pela cidade nesses quase 100 anos é sua população. “Aparecida tem o diferencial de contar com moradores participativos e proativos, que, além de cobrar soluções, cooperam na preservação do bem público e se posicionam nas decisões para a coletividade”, diz o gestor.

PREFEITO GUSTAVO MENDANHA FOTO RODRIGO ESTRELA SITE
Prefeito Gustavo Mendanha conduz Aparecida na trajetória para os 100 anos de fundação da cidade – Foto: Rodrigo Estrela

A proximidade das pessoas com a administração da cidade favorece diretamente a população. Gustavo concorda e acrescenta que essa relação se fortaleceu nos últimos anos. Não por coincidência, a linha do tempo de Aparecida define claramente o ponto de ruptura entre o passado e o presente, e indica o caminho para trilhar no futuro. Quanto mais os moradores foram se envolvendo nas questões do município, exercendo a cidadania, mais a cidade cresceu, evoluiu e se modernizou, até chegar ao patamar de cidade inteligente.

Para promover essa expansão, a Prefeitura de Aparecida assumiu nos últimos anos um modelo de gestão democrático, técnico e modernista. Segundo o prefeito Gustavo Mendanha, a administração é movida pela busca da eficiência, produtividade e transparência nos atos da gestão, que hoje se tornou referência em Goiás e no Brasil.

Atenção no cuidado com as pessoas

INAUGURACAO HOSPITAL MUNICIPAL FOTO CLAUDIVINO ANTUNES 115 SITE
Inaugurado em 2018, Hmap é protagonista hoje no enfrentamento à Covid em Goiás – Foto: Claudivino Antunes

Na área da saúde, os destaques já começam no orçamento. A Prefeitura de Aparecida tem destinado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) 23% da arrecadação, em média. Esse índice é 53% maior do que os 15% exigidos pela lei.

Com esses investimentos, a administração construiu, equipou e agora mantém o Hospital Municipal de Aparecida (Hmap), que atende pacientes da cidade e de mais 55 municípios. A unidade, que recebe consultoria do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, tem 96% de aprovação dos pacientes. O Hmap foi inaugurado em 2018, já com 230 leitos.

Além do Hmap, a rede de saúde de Aparecida cresceu com a inauguração, também nos últimos anos, do Centro de Especialidades. A estrutura no Jardim Boa Esperança tem 24 consultórios, onde são oferecidas 18 especialidades médicas. Na década passada, Aparecida avançou também com a implementação de 40 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e três Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), no Brasicon, Buriti Sereno e Parque Flamboyant. “Toda essa estrutura tem sido determinante no trabalho que estamos fazendo de enfrentamento à Covid-19”, aponta o secretário de Saúde de Aparecida, Alessandro Magalhães.

Enfrentamento à Covid

Pouco mais de um ano depois, Aparecida contabiliza quase 270 mil testes RT-PCR (padrão ouro) realizados desde abril de 2020, sem parar. A média é de 1.500 exames por dia. Quase 50% dos testes registrados em Goiás foram realizados em Aparecida de Goiânia. A cidade se aproxima das 100 mil doses aplicadas, entre 1ª e 2ª dose do imunizante contra Covid.

COLETA DE TESTE COVID19 FOTO RODRIGO ESTRELA 2 SITE
Aparecida realizou quase metade de todos os testes RT-PCR contabilizados em Goiás – Foto: Rodrigo Estrela

Com intensa testagem, oito postos de vacinação, uma Central de Telemedicina para monitorar pacientes com sintomas leves e 352 leitos exclusivos para Covid, sendo 176 de UTI, Aparecida tem conseguido preservar o ativo mais importante de todos: vidas. Em estudo feito pela FioCruz, a entidade identificou que Aparecida possui a menor taxa de letalidade (1,88%) entre os cinco maiores municípios goianos. E mais: o índice de Aparecida é menor do que as taxas de letalidade de Goiás e do Brasil.

Com olhar voltado também para o social, a Prefeitura de Aparecida, através da Secretaria de Assistência Social, arrecadou e distribuiu nesta pandemia milhares de cestas básicas para famílias mais vulneráveis. E tem acolhido pessoas em situação de rua, entregando a elas marmitas, roupas, kits de higiene pessoal e cobertores. No Jardim Tropical, o Restaurante Popular segue fornecendo diariamente mais de mil marmitas.

Foram tomadas providências para proteger também empregos, o que passa pela atenção ao setor produtivo. Após suspender o comércio por 30 dias seguidos, em março de 2020, para frear a Covid, a Prefeitura de Aparecida adotou o isolamento social intermitente por escalonamento regional das atividades econômicas, inspirado no modelo de Israel. Com a abertura ordenada das suas dez macrozonas, a adesão ao escalonamento chega a 98%. Na segunda onda, as mesmas medidas foram tomadas, e hoje a cidade está no cenário verde, de risco baixo.

VACINACAO DRIVE CIDADE ADMINISTRATIVA ENIO MEDEIROS 9 SITE 4
Vacinação contra Covid avança em Aparecida já com quase 100 mil doses aplicadas – Foto: Enio Medeiros

Cidade melhor para viver

O empenho no combate à Covid é antecedido por anos de trabalho para construir, com a população, uma cidade melhor para viver. E isso requer infraestrutura. Só nos últimos três anos, foram implementados mais 250 mil m² de asfalto em todo o município. Hoje, Aparecida tem 75% das ruas habitadas e com rede de água tratada já asfaltadas. A pavimentação asfáltica é feita agora no Goiânia Park Sul, Setor Ibirapuera, Jardim Itapuã 2, Boa Esperança e Vila Oliveira.

Em breve, Aparecida terá sua malha viária ainda mais expandida com a criação, na região do Grande Garavelo, de cinco novos eixos no sentido leste-oeste.  Todos já entraram em fase inicial de construção. Somente o ELO 01 terá 8,9 km de extensão. Os cinco eixos serão construídos pela Prefeitura de Aparecida com um recurso de R$ 135 milhões obtidos num empréstimo já aprovado no Banco de Desenvolvimento da América Latina.

OBRAS EIXO ESTRUTURANTE BURITI SERENO FOTO CLAUDIVINO ANTUNES 26 SITE 3
Projeto dos 5 novos eixos Leste-Oeste já tem obras em andamento – Foto: Claudivino Antunes

Na Aparecida de hoje, a cidade promove qualidade de vida com mais quase 80 km de ciclovias e ciclofaixas implantadas nos últimos anos; com o Viaduto Vereador João Antônio Borges, que desafogou o trânsito na Avenida São Paulo, na Vila Brasília; e ainda mais de 100 praças construídas ou reformadas recentemente. Elas mudaram a cara da cidade.

Tanto as praças quanto os parques públicos locais representam o município bonito, leve, sustentável e acessível que Aparecida se tornou. A começar da Praça da Cidade Administrativa Luiz Alberto Maguito Vilela, inaugurada em 2019. Quando o expediente na Prefeitura termina, os frequentadores logo chegam para curtir o verde e ar puro na praça.

CIDADE ADMINISTRATIVA ENIO MEDEIROS 5 site 1
Sede da Prefeitura de Aparecida passou a se chamar Cidade Administrativa Maguito Vilela em homenagem póstuma ao ex-prefeito – Foto: Enio Medeiros

Preparação para o futuro

Assim, Aparecida caminha para o centenário pensando também no futuro e, por isso, investindo em educação. O município criou mais de 5.600 vagas na rede nos últimos anos e está reformando 17 escolas e um CMEI. Na formação das novas gerações, a Prefeitura de Aparecida proporciona, já em 50% das escolas, o ensino de robótica. É um forte aliado no processo de popularização da cultura digital.

E o digital, que já dita o futuro das pessoas e das instituições, impulsiona o protagonismo de Aparecida através do programa Cidade Inteligente. A cada dia, Aparecida fica mais conectada com uma ampla rede de 723 km de fibra óptica em instalação, e mais segura, com 650 câmeras de videomonitoramento equipadas com inteligência artificial. Hoje, 309 desses equipamentos já ajudam as forças de segurança na vigilância do município.

“O programa Cidade Inteligente representa tudo o que queremos para Aparecida nos próximos 100 anos: uma cidade pujante, acessível, prática, moderna, inclusiva, sustentável, eficiente e autônoma. Desde a educação das crianças à atenção com os idosos, estamos empenhando o que temos de melhor para chegar ao centenário tendo ainda mais motivos para nos orgulhamos de Aparecida, a nossa cidade”, conclui o prefeito Gustavo Mendanha.

CIT FOTO WIGOR VIEIRA 3 SITE
Com o CIT, Aparecida se tornou referência em inovação no serviço público; municípios de dentro e fora de Goiás buscam inspiração no modelo aparecidense – Foto: Wigor Vieira

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram