Americanos e europeus não escovam os dentes depois do almoço

0
42

A falta de higiene bucal após todas as refeições facilita o acúmulo de placa bacteriana nos dentes

dentesQuando Amanda Borges Santana, de 29 anos, morou na França teve que enfrentar olhares de reprovação no banheiro da empresa onde trabalhava toda vez que ia escovar os dentes depois do almoço. “Uma vez uma colega me perguntou, bem intrigada, porque eu fazia isso todos os dias e se eu tinha algum problema sério ou uma doença na boca que precisasse desse cuidado todo. Expliquei que todo mundo fazia isso no Brasil e que era um hábito de higiene necessário, mas ela continuou achando estranho”, diz.

Na França, assim como em outros países como Austrália e Inglaterra, é comum escovar os dentes apenas duas vezes ao dia: ao acordar e antes de dormir. “O grande intervalo entre essas duas higienizações é ruim, porque a placa se torna mais madura, mais difícil de ser removida e a meio caminho de virar tártaro, que não é mais removível apenas com a escovação. Se não ocorre a correta remoção, as bactérias se proliferam e facilitam a ocorrência de problemas gengivais e periodontais”, diz Ana Paula Pasqualin Tokunaga, dentista e autora do blog Medo de Dentista.

Chiclete é a salvação
Segundo Amanda, lá na França para se manter “os dentes limpos” e o hálito fresco depois do almoço, os franceses têm mania de mascar chicletes com aroma de menta ou hortelã. “Mascar chicletes, preferencialmente sem açúcar, é uma boa estratégia para estimular o fluxo salivar, o que melhora o hálito. Porém o chiclete não limpa os dentes, então nunca poderia ser usado em substituição à escova e ao fio dental”, diz Ana Paula.

Estados Unidos X Higiene Bucal
Se você estava achando ruins os (poucos) hábitos de higiene bucal dos europeus e australianos, vai ficar ainda mais chocado com o resultado de uma pesquisa feita por uma seguradora nos Estados Unidos. Segundo dados coletados pela empresa MetLife, 42% das crianças americanas (até cinco anos) escovam os dentes apenas uma vez por dia.

A mesma pesquisa indicou que 60% dessas crianças comem doces pelo menos uma vez por dia. “Quanto mais se consomem doces, mais ácido se torna o ambiente bucal. E essa acidez favorece o metabolismo bacteriano e a desmineralização dos dentes, que é a cárie propriamente dita. Por isso é tão importante escovar os dentes após comer doces, pois assim a acidez bucal diminui e, consequentemente, a chance de surgirem cáries também”, diz Ana Paula.

Porém, a especialista alerta: apenas as cáries em estágio inicial, restritas ao esmalte, têm chance de serem revertidas. “Só que geralmente quando os pais levam a criança ao dentista esse estágio já passou, e aí só resta remover a cárie e restaurar o dente”, diz a dentista.

Terra