All Park deve gerar 2 mil empregos diretos em Aparecida de Goiânia

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Primeiro condomínio fechado empresarial do município será entregue neste sábado. Movimentação de negócios pode chegar a R$ 300 milhões mensais

Cerca de 2 mil empregos diretos deverão ser gerados com a ocupação plena do primeiro condomínio fechado para empresas, galpões e indústrias do Centro-Oeste. Trata-se do All Park Polo Empresarial, que será entregue neste sábado (24/09), às 16h30, em Aparecida de Goiânia, durante um evento com a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás. Concebido pela Innovar Urbanismo, o empreendimento dispõe de 180 lotes e chega ao mercado com 50% de suas unidades já comercializadas. O sucesso da iniciativa atraiu o interesse até mesmo de empresas de outros Estados, como a Nipponflex, do ramo de colchões, oriunda do Paraná e que deve iniciar suas operações no condomínio até o final do ano.

“Apesar da crise, nossas vendas têm alcançado bons resultados e estamos otimistas para os próximos meses”, informa o gerente da filial de Goiânia, Gentil Júnior. Segundo ele, a opção da Nipponflex pelo All Park se deu em virtude de benefícios como o espaço físico generoso e a segurança reforçada. Outra empresa que também optou pelas facilidades do condomínio é o Instituto de Fosfato Biológico, do ramo de biotecnologia, cujo início da operação está previsto para os próximos meses. “Acreditamos que neste espaço vamos dispor de toda a infraestrutura necessária para o nosso negócio”, afirma o diretor administrativo e financeiro, Tiago Parrode.

Situado na região Leste de Aparecida de Goiânia, o All Park dispõe de localização estratégica, pois está próximo à BR-153, ao Aeroporto Executivo Antares e ao Campus da Universidade Federal de Goiás de Aparecida de Goiânia. Com área total de 600 mil m², o condomínio possui lotes que variam de 1.000 e 8.840 m². O empreendimento dispõe de segurança 24 horas, vias largas para trânsito e manobras de veículos de cargas, heliponto, pátio de carga e descarga, balança para pesagem de caminhões, sistema de facilities (mix de conveniência, praça de alimentação, clube de compras, sala de treinamento, posto bancário, correios) e estacionamento para carros, motos e caminhões.

Outro diferencial é que será ofertado às empresas que se instalarem no All Park o suporte de serviços de profissionais para auxiliá-los em questões de ocupação do condomínio, como aprovações de seus projetos na Prefeitura e os trâmites necessários para isso. “Todas estas características fazem do empreendimento o primeiro do Centro-Oeste integralmente capacitado para atender os empresários nos aspectos logístico, comercial e industrial. Para o Estado e a região metropolitana de Aparecida de Goiânia representa muito, pois representa as condições necessárias para se atrair novos investimentos empresariais”, explica o diretor da Innovar, Romeu Neiva Junior.

Quando todas as empresas estiverem instaladas, a previsão é de que o All Park movimente cerca de R$ 300 milhões por mês. Atualmente, Aparecida de Goiânia possui mais de 2 mil indústrias e é responsável pela geração de mais de 30 mil empregos diretos e indiretos. Em 2015, o município foi um dos líderes da criação de novos postos de trabalho no Estado e registrou um Produto Interno Bruto (PIB) da ordem de R$ 9 bilhões. A potência econômica do município é reforçada não apenas por estes dados, mas também pelo fato de Goiás fechou o primeiro semestre que mais gerou empregos no Brasil, conforme relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o que demonstra a reação de Aparecida de Goiânia e de outras cidades goianas à crise econômica.

Carol Magalhães

Fabrícia Hamu

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.