Agehab abre inscrições pela internet para 332 apartamentos no Buriti Sereno

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), abre a partir desta terça-feira (30/05) as inscrições para famílias candidatas a moradias no Residencial Buriti Sereno em Aparecida de Goiânia. Para se inscrever, elas precisam ser moradoras ou ter vínculo comprovado com o município há no mínimo cinco anos e se enquadrar na faixa de renda da habitação de interesse social. O teto de renda familiar, somando-se rendimentos de todos os integrantes das famílias em idade produtiva, não pode ultrapassar os R$ 1.800, conforme o estipulado pelo edital, publicado no Diário Oficial do Estado, edição do dia 26 de maio: http://diariooficial.abc.go.gov.br/portal/visualizacoes/pdf/3161/#/p:52/e:3161.

As inscrições devem ser feitas prioritariamente pela internet, no site da Agehab: www.agehab.go.gov.br. A data final para inscrições é 28 de junho. Segundo o presidente da Agehab, Luiz Stival, famílias que não têm acesso à internet terão como opção duas unidades do Vapt-Vupt em Aparecida, no Centro da cidade e na região do Garavelo. A unidade do Buriti Shopping não receberá inscrições. Para se inscrever nas unidades do Vapt Vupt, as famílias candidatas deverão tem em mãos documentos pessoais do titular e dos dependentes, inclusive CPF dos filhos menores de idade, comprovantes de endereço e renda.

Será aceita apenas uma inscrição por família. No ato de inscrição, a família precisará apresentar o número de CPF de todos os membros da família, inclusive de bebês. Por isso, famílias cujo filhos ainda não têm o documento precisarão providenciá-lo antes da realizar a inscrição. O sistema da Agehab identificará automaticamente as inscrições feitas em duplicidade e manterá apenas a primeira realizada.

Critérios gerais

Conforme Termo firmado com a Prefeitura de Aparecida de Goiânia, as inscrições para os 832 apartamentos do Residencial Buriti Sereno são divididas entre o Município e a Agehab. São 60% da Prefeitura de Aparecida, 500 unidades, e 40% da Agehab, 332 unidades habitacionais. A Prefeitura já realizou suas inscrições no período de 18 de abril a 18 de maio último.

Para participar do Processo Seletivo dessas moradias, os candidatos precisam preencher todos os requisitos estipulados pelo Edital, dentre eles, renda familiar de até R$ 1.800; vinculo comprovado com Aparecida de Goiânia de no mínimo cinco anos; nunca ter sido beneficiado por nenhum programa habitacional, seja federal, estadual ou municipal; não ser proprietário, cessionário ou promitente comprador de imóvel residencial.

Idosos e portadores de deficiência física participam em grupo com cota de 5% das vagas, em atendimento à Lei Municipal. Famílias com portadores de microcefalia, desde que cumpram todos os requisitos do Edital, são contempladas sem passar pelo sorteio. A Agehab também sorteará entre os inscritos habilitados 30% para cadastro de reserva.

Residencial Buriti Sereno

Com 75% de obra executada, o Residencial Buriti Sereno é composto de 832 apartamentos de 41,39 metros quadrados – com dois quartos, sala, banheiro, cozinha  e área de serviço conjugados –, distribuídos em 52 torres de quatro andares, com 16 apartamentos em cada torre. Está localizado na Avenida 100-A, esquina com Avenida das Nações, no bairro Itapuã, divisa com o Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia.

O empreendimento é um dos exemplos mais emblemáticos das ações de habitação do Governo de Goiás em Aparecida. O Estado está investindo quase R$ 16,7 milhões nas obras, com o Cheque Mais Moradia. A construção ficou paralisada por anos e foi retomada graças à parceria entre a Agehab e a Caixa Econômica Federal, por determinação do governador Marconi Perillo, conforme ressalta o presidente da Agehab, Luiz Stival. A participação do Governo de Goiás no empreendimento, destaca Stival, possibilitou prestações de valor baixo para os beneficiários, que variam de R$ 80 a R$ 270.

O governo federal participa com recursos do programa Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), que compõe o programa Minha Casa Minha Vida, no valor de R$ 35,8 milhões. O investimento do Estado de Goiás e Caixa totaliza R$ 52,5 milhões. “A determinação do governador Marconi Perillo é para que acompanhemos o andamento de todas as obras. A prioridade é a conclusão de todos os empreendimentos que contam com recursos do Governo de Goiás. A previsão é de que esse residencial seja concluído em setembro próximo”, frisa Luiz Stival.

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.