Agehab abre inscrições pela internet para 332 apartamentos no Buriti Sereno

0
293

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), abre a partir desta terça-feira (30/05) as inscrições para famílias candidatas a moradias no Residencial Buriti Sereno em Aparecida de Goiânia. Para se inscrever, elas precisam ser moradoras ou ter vínculo comprovado com o município há no mínimo cinco anos e se enquadrar na faixa de renda da habitação de interesse social. O teto de renda familiar, somando-se rendimentos de todos os integrantes das famílias em idade produtiva, não pode ultrapassar os R$ 1.800, conforme o estipulado pelo edital, publicado no Diário Oficial do Estado, edição do dia 26 de maio: http://diariooficial.abc.go.gov.br/portal/visualizacoes/pdf/3161/#/p:52/e:3161.

As inscrições devem ser feitas prioritariamente pela internet, no site da Agehab: www.agehab.go.gov.br. A data final para inscrições é 28 de junho. Segundo o presidente da Agehab, Luiz Stival, famílias que não têm acesso à internet terão como opção duas unidades do Vapt-Vupt em Aparecida, no Centro da cidade e na região do Garavelo. A unidade do Buriti Shopping não receberá inscrições. Para se inscrever nas unidades do Vapt Vupt, as famílias candidatas deverão tem em mãos documentos pessoais do titular e dos dependentes, inclusive CPF dos filhos menores de idade, comprovantes de endereço e renda.

Será aceita apenas uma inscrição por família. No ato de inscrição, a família precisará apresentar o número de CPF de todos os membros da família, inclusive de bebês. Por isso, famílias cujo filhos ainda não têm o documento precisarão providenciá-lo antes da realizar a inscrição. O sistema da Agehab identificará automaticamente as inscrições feitas em duplicidade e manterá apenas a primeira realizada.

Critérios gerais

Conforme Termo firmado com a Prefeitura de Aparecida de Goiânia, as inscrições para os 832 apartamentos do Residencial Buriti Sereno são divididas entre o Município e a Agehab. São 60% da Prefeitura de Aparecida, 500 unidades, e 40% da Agehab, 332 unidades habitacionais. A Prefeitura já realizou suas inscrições no período de 18 de abril a 18 de maio último.

Para participar do Processo Seletivo dessas moradias, os candidatos precisam preencher todos os requisitos estipulados pelo Edital, dentre eles, renda familiar de até R$ 1.800; vinculo comprovado com Aparecida de Goiânia de no mínimo cinco anos; nunca ter sido beneficiado por nenhum programa habitacional, seja federal, estadual ou municipal; não ser proprietário, cessionário ou promitente comprador de imóvel residencial.

Idosos e portadores de deficiência física participam em grupo com cota de 5% das vagas, em atendimento à Lei Municipal. Famílias com portadores de microcefalia, desde que cumpram todos os requisitos do Edital, são contempladas sem passar pelo sorteio. A Agehab também sorteará entre os inscritos habilitados 30% para cadastro de reserva.

Residencial Buriti Sereno

Com 75% de obra executada, o Residencial Buriti Sereno é composto de 832 apartamentos de 41,39 metros quadrados – com dois quartos, sala, banheiro, cozinha  e área de serviço conjugados –, distribuídos em 52 torres de quatro andares, com 16 apartamentos em cada torre. Está localizado na Avenida 100-A, esquina com Avenida das Nações, no bairro Itapuã, divisa com o Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia.

O empreendimento é um dos exemplos mais emblemáticos das ações de habitação do Governo de Goiás em Aparecida. O Estado está investindo quase R$ 16,7 milhões nas obras, com o Cheque Mais Moradia. A construção ficou paralisada por anos e foi retomada graças à parceria entre a Agehab e a Caixa Econômica Federal, por determinação do governador Marconi Perillo, conforme ressalta o presidente da Agehab, Luiz Stival. A participação do Governo de Goiás no empreendimento, destaca Stival, possibilitou prestações de valor baixo para os beneficiários, que variam de R$ 80 a R$ 270.

O governo federal participa com recursos do programa Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), que compõe o programa Minha Casa Minha Vida, no valor de R$ 35,8 milhões. O investimento do Estado de Goiás e Caixa totaliza R$ 52,5 milhões. “A determinação do governador Marconi Perillo é para que acompanhemos o andamento de todas as obras. A prioridade é a conclusão de todos os empreendimentos que contam com recursos do Governo de Goiás. A previsão é de que esse residencial seja concluído em setembro próximo”, frisa Luiz Stival.