Aeroporto Executivo de Aparecida “Rosa dos Ventos” será construído sob novo conceito

aeroportoO prefeito de Aparecida Maguito Vilela (PMDB) se reuniu na tarde desta terça-feira, 22, com o Diretor do Departamento de Outorgas da Secretaria de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glsanzmann, em Brasília, para tratar de assuntos referentes à construção do Aeroporto Executivo de Aparecida “Rosa dos Ventos”. O objetivo da reunião foi rever o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental das Obras (EIA/RIMA) e outorgar um novo modelo de edificação do aeroporto. “Além de ter localização estratégica e privilegiada Aparecida está vivendo uma verdadeira revolução tecnológica e científica. A vinda do aeroporto vai trazer mais benefícios para o município, atrair empresas e movimentar o turismo de negócios”, destacou o peemedebista.

O empreendimento será construído pela iniciativa privada sob interesse da administração municipal. De acordo com o Secretário de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia, Marcos Alberto Luiz Campos, o novo conceito de estruturação do aeroporto dará celeridade ao lançamento das obras. “Além de protocolarmos o requerimento de um novo conceito ao empreendimento também registramos o projeto definitivo do aeroporto. Tivemos uma aceitação muito positiva da Anac e isso nos permitirá lançar o empreendimento já no primeiro trimestre de 2015”, ressaltou o secretário.

O Aeroporto Executivo de Aparecida foi autorizado pela Associação Nacional de Aviação Civil (Anac) no ano passado. A partir daí, a prefeitura busca cumprir outras exigências, além do EIA/RIMA, como uso de solo e zoneamento urbano para que o projeto seja executado na prática. “Estamos cumprindo à risca cada determinação da Anac e tratando o projeto com responsabilidade e seriedade para que não haja suspensão em nenhum momento”, avaliou o prefeito.

ESTRUTURA – O projeto do Aeroporto Executivo tem sido acompanhado de perto pelo ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt de Oliveira, desde a proposta inicial em 2012, tendo sido bastante discutido principalmente do ponto de vista jurídico e técnico. A estrutura abrange um sítio portuário de 185 hectares (pista, hangares, parte logística) e está orçado em cerca de R$ 40 milhões.

O Aeroporto Executivo de Aparecida deverá contar com garagem que abrigará toda a frota goiana, de cerca de 1.500 aeronaves e considerada uma das quatro maiores do país em capacidade de manutenção, além de um parque de manutenção.

MINISTÉRIO DAS CIDADES – No final da tarde, o Secretário Nacional de Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, Julio Eduardo dos Santos, recebeu em seu gabinete o prefeito Maguito Vilela e a secretária de Projetos e Captação de Recursos, Valéria Pettersen. No Ministério das Cidades, Maguito solicitou a alteração de bairros a serem asfaltados em Aparecida, cuja rede de esgoto ainda não foi implantada. “A prefeitura fará o asfalto no Setor Veiga Jardim I [que ainda não tem esgoto] com recursos do Tesouro Municipal, aumentará o número de ruas a serem pavimentadas no Bairro Independência Mansões, incluindo agora o Park Haiala no cronograma de asfalto deste ano”, destacou Valéria.

SecomAp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios