Adolescente tem celular roubado ao tentar capturar pokémons

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Crime ocorreu na noite de ontem, em Vila Velha no Espírito Santo

O ‘Pokémon Go lançado há apenas um dia no Brasil, mas já virou febre entre os jogadores e fez a sua primeira vítima. Um adolescente de 14 anos teve o celular roubado enquanto tentava capturar um Pokémon no Centro de Vila Velha, no Espírito Santo. De acordo com o pai da vítima, o garoto baixou o jogo no início da noite de ontem e saiu com os amigos para tentar encontrar mais criaturas nas ruas do bairro.

Por volta das 20h30, ele foi abordado por um criminoso e teve o aparelho levado. “O rapaz levantou a camisa e mostrou a arma. O colega do meu filho se assustou e correu, mas meu filho acabou tendo que entregar o celular, um iPhone”, contou o pai do menino em entrevista ao G1.

A família do garoto afirmou que vai registrar um Boletim de Ocorrência e aproveitou para fazer um alerta: “Os pais têm que ter atenção, senão os meninos saem com o celular na mão e entregam o ouro na mão dos bandidos”, afirmou o pai do adolescente.

Pokémon Go
O jogo está disponível para download nos dois sistemas nas lojas brasileiras. Os requisitos mínimos para os donos de celulares com Android é 4.4 ou superior. Já para o iPhone é necessário versão 8 ou superior.

O jogo usa realidade aumentada para inseris pokémons na vida real. Os jogadores precisam seguir a jornada de um treinador de pokémons e capturá-los pelo mundo. Há um mapa que indica onde estão as criaturas, além dos pokestops e dos ginásios, onde acontecem os confrontos.

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.