Acidente de trânsito mata três familiares do papa Francisco

0
65

Mulher e dois filhos do sobrinho do pontífice morreram após colisão com um caminhão do automóvel onde estavam, a caminho de Buenos Aires

acidenteUm acidente de trânsito na província de Córdoba, na Argentina, matou três parentes do papa Francisco, informou a polícia local à Agência Efe.

As vítimas pertencem à família do sobrinho do pontífice, Emanuel Horacio Bergoglio (35 anos), que foi hospitalizado com ferimentos graves.

A mulher e o filho de Emanuel Horacio Bergoglio, Valeria Carmona (36 anos) e José Bergoglio (8 meses), morreram no momento do acidente, enquanto o outro filho do casal, Antonio Bergoglio (2 anos) faleceu no hospital.

Segundo informou à Agência Efe a delegada de polícia Carina Ferreira, o acidente aconteceu após o choque do automóvel com um caminhão que circulava à frente, por causas ainda indeterminadas.

O motorista do caminhão não teve ferimentos.

O acidente ocorreu durante a madrugada na estrada que conecta as cidades argentinas de Rosário e Córdoba, no centro do país.

Emanuel Horacio Bergoglio, filho de um dos irmãos do papa Francisco, se encontra internado em estado grave no Hospital Pasteur de Villa María, com vários traumatismos.

“O Santo Padre recebeu a triste notícia do falecimento de sua sobrinha Valeria e seus dois meninos de 8 meses e de 2 anos, em um acidente de trânsito”, disse Guillermo Karcher, encarregado de protocolo do Vaticano, em declarações recolhidas pela agência oficial Telam.

“Sabe também que seu sobrinho Emanuel está internado em um estado muito delicado”, continuou Karcher.

“Francisco agradece a oração de todos e as expressões de pêsame e de solidariedade. Estamos o acompanhando e sustentando em sua dor”, acrescentou o colaborador de Bergoglio.

A família retornava à capital argentina, onde têm residência, após uma viagem de lazer.

Operamundi