Bem-vindo(a) à Aparecida de Goiânia
Benefício

Ação Social atende mais de 500 pessoas no final de semana

Redação
29 de novembro de 2021

Ação marca a retomada do programa que leva a estrutura da secretaria de Assistência Social para perto da população, facilitando o acesso de quem realmente precisa aos serviços sociais

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), realizou neste final de semana mais uma edição do projeto “Assistência Social Itinerante”. A ação foi realizada no Centro de Artes e Esportes Unificado Orlando Alves Carneiro no Setor Cidade Vera Cruz II (CEU das Artes) e atendeu mais de 500 pessoas que moram na região.

O ‘mutirão da assistência social’ foi realizado com objetivo de atender a população que busca serviços da pasta como o cadastro em programas sociais, Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família), CadÚnico, Passaporte do Idoso e ainda o Tarifa Social que oferece desconto na conta de luz elétrica à famílias de baixa renda. Os atendimentos ocorrem até às 15h.

ASSISTENCIA SOCIAL ITINERANTE JHONNEY MACENA 3

Para atender o grande volume de pessoas, a Assistência Social levou toda a estrutura e equipe técnica da pasta que atuam nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), para o pátio de também para dentro do teatro da praça onde foram espalhadas mesas para atendimento da população e também espaço de lazer para crianças e distribuição de mudas de árvores.

“A procura pelo atendimento cresceu muito após o lançamento do Auxílio Brasil. Muitas pessoas procuram a secretaria para se cadastrar, atualizar o cadastro e até mesmo para tirar dúvidas. Com esse mutirão vamos conseguir reduzir a demanda desta região. E aproveitamos também para oferecer outros serviços que beneficiam famílias carentes e em vulnerabilidade”, apontou a secretaria de Assistência Social e primeira-dama de Aparecida de Goiânia, Mayara Mendanha.

Ainda de acordo com a primeira-dama, o mutirão de atendimentos da Assistência Social será realizado em outras regiões da cidade. “Além de ficar mais próxima da população, a secretaria também reduz o volume de atendimento represado, pois os CRAS estão com muita demanda por conta do período de pandemia, onde os atendimentos precisaram ser reduzidos para não haver aglomeração nos espaços. Mas agora, com a vacinação avançando e os números da doença reduzindo, vamos retomando nossos serviços”, concluiu.

Durante o ‘mutirão’, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente distribuiu mudas de árvores e material informativo sobre preservação ambiental. As crianças , que passaram pela praça Ceu das Artes, puderam aproveitar o espaço recreativo com pula-pula e outros brinquedos que foram montados no local. Além disso teve distribuição de pipoca e algodão doce.

ASSISTENCIA SOCIAL ITINERANTE JHONNEY MACENA 2

A dona de casa Daniela Aparecida, que mora no Setor Veiga Jardim IV, foi ao evento para se cadastrar no Cadùnico e também buscar informações sobre o Auxílio Brasil – programa de distribuição de renda para famílias pobres do Governo Federal (antigo Bolsa Família). “O auxílio vai ajudar muito na renda da minha família, vou ter mais condições de cuidar dos meus filhos que ainda são pequenos”, disse enquanto recebia atendimento.

Desempregada, Lucineia Pereira de Oliveira procurou o ‘mutirão’ para se cadastrar pela primeira vez no Cadùnico e também no Auxílio Brasil. “Se sair vai me ajudar muito, pois estou sem nenhuma renda e preciso muito desta ajuda”, pontuou. As pessoas que foram até a estrutura do “mutirão”, tiveram ainda a oportunidade de emitir o passe livre e passaporte do idoso.

Presente na abertura dos atendimentos, o presidente da Câmara de Vereadores, André Fortaleza, ressaltou a importância de a prefeitura estar mais perto dos moradores. “Muitas vezes o morador não tem condições de ir até o órgão municipal e esse tipo de ação facilita a vida deles. Facilita o acesso ao serviço. Por isso, parabenizo a secretária Mayara por retomar os mutirões”, disse André Fortaleza. Os vereadores Hans Miller, Diony Nery , Amendoim, Marcos Miranda e Zé Filho.

ASSISTENCIA SOCIAL ITINERANTE JHONNEY MACENA 4

Desconto na tarifa elétrica

Para participar do programa, chamado Tarifa Social é preciso atender a uma série de critérios solicitados pela empresa no ato da inscrição: ter inscrição atualizada há pelo menos um ano no Cadastro Único (CadÚnico) e renda mensal menor ou igual a um salário mínimo por morador; ter inscrição atualizada há pelo menos um ano no Cadastro Único (CadÚnico), renda mensal de até três salários mínimos e ser ou morar com alguém que tenha doença crônica, cujo tratamento dependa de uso de equipamentos elétricos; ou ser integrante do programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2022
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram