A desconexa argumentação de Caiado para explicar à Justiça por que chamou Lula de “bandido frouxo”

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Procure entender.

Caiado chamou Lula de “bandido frouxo”.
Lula foi à Justiça. Caiado terá que se explicar num processo no STF cujo relator é Fachin.

Ao jornalista Lauro Jardim, da Veja, ele disse qual vai ser sua linha de argumentação.

Tente encontrar alguma explicação para o “bandido frouxo”.

Não há nenhuma. É um caso clássico em que a resposta não tem nada a ver com a pergunta.

Eis o que afirmou Caiado a Lauro Jardim.

“Saí em defesa dos manifestantes que se preparavam a ir às ruas no dia 15 de março. Vou exercer o meu direito de defesa e reiterar o que sempre disse: como um dos líderes da oposição no Senado Federal não admitirei qualquer tentativa de intimidação do cidadão brasileiro ao seu direito de se manifestar por movimentos supostamente sociais ou milícias ligadas ao PT.”

O que tudo isso tem a ver com “bandido frouxo”?

O argumento de Caiado faria sentido apenas caso o relator de seu processo fosse Gilmar Mendes.

DCM

Denuncias e Informações? Chat via WhatsApp