35 mil crianças e adolescentes de volta às aulas nesta quinta-feira

0
837

Ano letivo começa em 30 CMEIs e 59 escolas de Aparecida de Goiânia 

O ano letivo de aproximadamente 35 mil crianças e adolescentes que estudam na rede pública municipal de Aparecida de Goiânia começa nesta quinta-feira, 19 de janeiro. Encontrarão, nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e escolas de Ensino Fundamental, cerca de cinco mil profissionais, entre professores, diretores e servidores administrativos que, nesta semana, estiveram reunidos com o prefeito Gustavo Mendanha e o secretário municipal de Educação e Cultura, Rodrigo Caldas, em um recente evento de boas vindas realizada no Centro de Cultura, Esportes e Lazer (CEL) da OAB-GO.

“Vocês podem esperar de nós muito respeito, muito trabalho, muita dedicação. Trabalhando juntos, vamos melhorar ainda mais a rede de ensino, num esforço integrado, e procurando atender todas as demandas possíveis”, sintetizou o prefeito. “A educação em Aparecida será exemplo para outras cidades, tenho certeza disso. Conto com apoio e dedicação de todos os servidores para essa nova caminhada; e saibam que estou otimista com a junção da cultura com a educação”, completou o secretário, fazendo referência à fusão das secretarias de Educação e Cultura.

Aparecida de Goiânia conta com atualmente 59 escolas e 30 CMEIs em pleno funcionamento. Deste total de CMEIs, nove foram entregues à população no ano passado. Um, localizado no Residencial Village Garavelo, ainda não foi oficialmente inaugurado, mas funcionará normalmente, uma vez que as vagas desta unidade foram colocadas à disposição dos pais no período de solicitação de matrículas. Os CMEIs atendem, em média, 120 crianças de seis meses a cinco anos. Recebem cinco refeições diárias, cuidado especial e a pré-alfabetização.

O prefeito Gustavo Mendanha já afirmou que continuará a investir na construção de CMEIs e de novas escolas e na valorização dos profissionais da Educação. Ressaltou que há projetos de novas unidades em fase de licitação e que também tem buscado recursos junto ao governo federal, aos moldes de reunião recente que teve no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), onde pleiteia verba para escolas de ensino fundamental em Aparecida de Goiânia. “Além disso, temos projetos de reformas de algumas unidades, além da cobertura de quadras poliesportivas”, complementa o prefeito.