18 dos 23 diretórios regionais do PSB aprovam federação de partidos com PT, PC do B, PSOL e PV

Da Redação
09/12/2021 - 17:51
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

18 dos 23 diretórios regionais do PSB aprovam federação de partidos com PT, PC do B, PSOL e PV

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) deu início nesta quarta-feira (8) a uma consulta a todos os presidentes de diretórios estaduais da legenda sobre a possibilidade de formar uma federação partidária. O objetivo imediato é a disputa eleitoral de 2022, mas a instituto da federação partidária determina que a aliança perdure por, no mínimo, quatro anos. Em Goiás o deputado federal Elias Vaz é favorável a criação da federação.

À reunião ocorrida nesta quarta-feira, dirigida pelo presidente da legenda, Carlos Siqueira, participaram 23 presidentes de diretórios estaduais. Desses, 18 disseram ser favoráveis à federação com partidos do campo da esquerda, incluindo o PT, PCdoB, Psol e PV. Quatro estados demonstraram apoio à formação da frente com os demais partidos, mas sem o PT. São eles: Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Distrito Federal e Mato Grosso. Só o estado do Tocantins se manifestou contra a formação da federação com qualquer uma das siglas.

O encontro não teve caráter deliberativo, mas indica que o partido deverá aprovar a iniciativa em reunião da Executiva Nacional, ainda sem data definida para ocorrer. Recentemente, a bancada do PSB na Câmara avisou ao presidente Carlos Siqueira, que era amplamente favorável à união dos partidos.

Federação

Aprovada pelo Congresso Nacional, em setembro deste ano, a nova regra permite que dois ou mais partidos formem uma federação para atuar de forma conjunta, por quatro anos nas esferas municipal, estadual e federal. Para valer, os partidos precisam aprovar a federação.

Com informações do Valor e do Metrópolis